Missões

Missões, como usamos o termo, é a extensão do propósito redentor de Deus através do evangelismo, da educação e do serviço cristão além das fronteiras da igreja local. As massas perdidas do mundo constituem um desafio comovedor para as igrejas cristãs.

Uma vez que os batistas acreditam na liberdade e competência de cada um para as próprias decisões, nas questões religiosas, temos a responsabilidade perante Deus de assegurar a cada indivíduo o conhecimento e a oportunidade de fazer a decisão certa. Estamos sob a determinação divina, no sentido de proclamar o evangelho a toda criatura. A urgência da situação atual do mundo, o apelo agressivo de crenças e ideologias exóticas, e nosso interesse pelos transviados exigem de nós dedicação máxima em pessoal e dinheiro, a fim de proclamar-se a redenção em Cristo, para o mundo todo.

A cooperação nas missões mundiais é imperativa. Devemos utilizar os meios à nossa disposição, inclusive os de comunicação em massa, para dar o evangelho de Cristo ao mundo. Não devemos depender exclusivamente de um grupo pequeno de missionários especialmente treinados e dedicados. Cada batista é um missionário, não importa o local onde mora ou posição que ocupa. Os atos pessoais ou de grupos, as atitudes em relação a outras nações, raças e religiões fazem parte do nosso testemunho favorável ou contrário a Cristo, o qual, em cada esfera e relação da vida, deve fortalecer nossa proclamação de que Jesus é o Senhor de todos.

Missões procuram a extensão do propósito redentor de Deus em toda
parte, através do evangelismo, da educação, e do serviço cristão e exige
de nós dedicação máxima.

Junta de Missões Nacionais(JMN) e a Junta de Missões Mundiais(JMM) são as agências que planejam, promovem e executam o projeto de ação missionária dos batistas brasileiros.  No âmbito interno, os missionários batistas  estão presentes e atuantes em grande parte dos municípios de todas as regiões do país, plantando igrejas, apoiando as já existentes e abrindo novas frentes de trabalho em campos pioneiros. Em nível internacional, os batistas brasileiros desenvolvem uma arrojada  e   relevante ação missionária em países dos cinco continentes, valendo-se de uma experiência  iniciada em  1907 e que tem servido de modelo para iniciativas implementadas por  várias outras agências do mundo. Além do trabalho  de evangelização, essas agências missionárias desempenham um papel decisivo em  diversas áreas de genuíno interesse humano, como a cultura, a educação e a ação social.

Sem Comentarios.